quarta-feira, 26 de novembro de 2008

PASSEIO ROTA DOS CASTELOS

Já que tinhamos decidido encontrarmo-nos na Ribeira do Porto aos domingos de manhã, aproveitamos o local para ponto de partida da Rota dos Castelos. Quando eu e o Torcato chegamos ao local, já lá se encontravam o António e o Rui. Logo á chegada, surpresa das surpresas, o Triciclo Famel Zundapp da Radical encantou todos os que por lá passaram. Conversa puxa conversa e eis que chega o Vasquinho na sua Yamaha super alegre como de costume, a antever um dia bem passado. Ás nove horas resolvemos arrancar para o passeio e aí começou o primeiro problema, o triciclo estava com o depósito furado. Paramos na bomba de gasolina da ponte da arrábida (a minha ponte eheheh podem ver o video).

videoImpressionante não? Hummm isto deve ser fixe de 50' tinha... Bem voltemos ao passeio.


O Vasquinho atacou com a primeira piada do dia : "Boa já andamos 200 metros..."

Ida e volta a casa seria cerca de 1h30 e nos meus planos a ideia era ir de triciclo até Viana do Castelo. Então optamos por eu e o Vasquinho irmos a casa dele que não era muito longe onde arranjamos um garrafão de 5 litros e um tubo de gasolina. De volta á estrada, só paramos para a foto de grupo junto ao Forte da Foz

Enquanto o triciclo fazia o trajecto até ao próximo Castelo, o do Queijo, sem problemas, já a Vespa do Rui...bem não foi nada de complicado, foi apenas a ficha da bobine que saiu.

A foto da praxe no Castelo do Queijo e toca a rolar até ao Castelo de Vila do Conde. Mas o problema foi lá chegar, pois o sistema de alimentação improvisado do triciclo, nao estava ainda ao point. Depois de inúmeras tentativas, o Macgwiver do grupo o Mac'tónio prendeu-me o garrafão ás costas (devia estar maluco para o deixar fazer isso) e assim tal homem bala, só paramos no Castelo de Vila do Conde , onde como de costume aos domingos de manhã, se encontram muitas, mas mesmo muitas motos.




Só se viam pessoas cegas com as nossas 50' tinhas e claro a foto do grupo e toca a abalar para o próximo castelo, o da Póvoa de Varzim.


Fomos sempre junto á costa e quando o Torcato vira para o castelo, fomos todos atrás dele, subindo o passeio. De repente o Trucas volta para trás dizendo que era o quartel da GNR e gargalhada geral com as 50' tinhas em debandada como se fossemos criminosos eheh.

Com o garrafão a ficar sem gasolina, paramos á saída da Pòvoa de Varzim para atestar e para tirar o garrafão das minhas costas pois era bastante desconfortável. Lá veio o Trucas com um pneu de moto4 que encontrou nas traseiras para meter debaixo do garrafão para ter altura em relação ao carburador.

Lá fomos sempre (quase) a rolar e paramos já perto da quinta da Malafaia, onde se encontram centenas de 50' tinhas velhas para venda. Todos de boca aberta e com vontade de restaurar algumas, lá partimos para Viana do Castelo onde chegamos sem problemas (de maior eheh) De salientar que como de costume, quando aparece rotunda, 2 voltinhas para curtir...e com o triciclo, as voltas ás rotundas eram bem fixes mas em duas rodas...

video


Em Viana do Castelo, fomos directos ao Stand da MotoViana do Damas, antigo campeão de 50' tinhas de Moçambique (tal como o meu pai José Garcia eheheh).








Conversa animada e toca a atacar o bife á Martins, que até estava suculento, ou seria da fome?.



Como ninguém quis perder de vista as 50' tinhas, estacionamos mesmo em frente ao restaurante onde nos divertimos á grande com a quantidade de admiradores que apareciam. Luta luta foi para ver quem ficava com os únicos três leites cremes queimados. Calhou a mim e ao Trucas o pudim (radical com fair play eheheh) que também estava uma delícia.

Na ida, com os problemas que apareceram, tinhamos decidido a partir da Póvoa de Varzim, irmos directos para Viana para não atrasar muito o almoço. Faltavam portanto dois castelos e logo de seguida fomos já com o Trucas a guiar o triciclo, ao Castelo de Viana onde tiramos a foto, mesmo na entrada.


Sem problemas e a rolar num rítmo bastante rápido (valeu a pena meter a lima no motor do triciclo eheh) fomos directos ao Castelo de Esposende.




video

A partir de Esposende as filas dos carros eram tão grandes que foi sempre a ultrapassar até ao Porto, com o Trucas a desbundar o triciclo, com tangentes de tal maneira que até dava para arrepiar. Valeu bem a pena meter a lima no cilindro da Famel Zundapp...agora anda que se farta e sempre a fundo eheh. Reparem no pormenor dos óculos que de noite faziam cá um efeito.

Paragem nas Guardeiras numa pastelaria para bolinho e despedidas de um dia bem passado na companhia dos amigos e das nossas 50'tinhas.

Este ano ainda vamos fazer um fim de semana no frio...

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

NOVO LOCAL DE ENCONTRO DAS 50' TINHAS

Informamos todos os nossos amigos que passamos o local de encontro de todos os domingos (excepto os que temos passeios) para a RIBEIRA DO PORTO das 10h00 ás 12h00.
Apareçam pois todos serão bem recebidos com as nossas e as vossas histórias das 50' tinhas.
Contactos: 918097042 / 916570872

ROTA DOS CASTELOS

Programa para este passeio:
Encontro na Ribeira do Porto dia 23 de Novembro de 2008 às 8h30'
Saída às 9h00' para o passeio.
Almoço em Viana do Castelo na churrasqueira Martins.
Regresso a casa pela antiga estrada Viana/Porto
Este passeio não tem inscrição monetária, dividimos o preço do almoço por todos os participantes.

Homenagem ao RUI SEVERINO

Tal como prometido Osvaldo e Torcato da Radical, deslocaram-se á igreja de Cedofeita para responder assim, á convocatória feita pelo pai do Rui, para uma manifestação junto do INEM e depois para uma marcha lenta até ao cemitério.
Fica aqui uma foto que mostra a quantidade de motociclistas que marcaram presença.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

INEM NÃO PODE FICAR IMPUNE

Uma vez que os inscritos para o passeio da Descida do Douro não eram muitos, a Radical resolveu adiar este passeio e aproveitar para dar o apoio a esta manifestação em prol da justiça, tal como diz a carta convite do Manuel Severino, pai do jovem Rui, falecido a 9 de Agosto, vitima de um acidente com uma ambulância do INEM que passou um semáforo vermelho, sem as devidas precauções. Vamos todos juntarmo-nos junto á igreja de Cedofeita ás 16h00 do dia 15 de Novembro (sábado). Fica aqui então, a carta de um pai que quer que se faça justiça.
"Caros colegas da estrada,...o meu filho Rui, um jovem de 22 anos e jovem motard, foi morto por uma ambulância do INEM que passou um sinal vermelho, no passado dia 09 de Agosto.Até à data, o INEM continua a esquivar-se ás responsabillidades, a tentar ocultar provas e muito embora saibamos que temos a razão do nosso lado, cada vez mais vemos as entidades num autêntico compadrio de interesses e jogos de bastidores. Mais uma vez, e apenas e só porque se deslocava em moto, pode-se matar impunemente pois afinal quem anda de moto é "louco".Se fosse vivo, o Rui faria 23 anos no próximo dia 13 de Novembro.A familia do Rui, não querendo deixar passar tal situação em vão e numa tentativa de chamar à atenção não só para o que aconteceu com o Rui mas também para todos os que já faleceram vitimas de acidente de viação enquanto conduziam uma moto, vem por este meio informar-vos e pedir a vossa comparência no próximo dia 15 de Novembro ( sábado ) pelas 16h00 em frente à igreja de Cedofeita no Porto para uma marcha silenciosa e um buzinão à porta do INEM. Queremos mostrar que em cima de uma moto vão filhos, pais, netos, advogados, médicos ou simples pessoas com simples gostos que merecem o mesmo respeito que outro qualquer ser humano.Pessoas que apenas detêm um gosto em comum : as motos. Isso não faz deles criminosos ou vulgares cidadãos de segunda, como o INEM pretende demonstrar.O meu filho foi morto. Não foi por culpa da velocidade mas sim culpa de alguém que, atrás de um volante e sem credenciais para a poder conduzir, passou conscientemente um semáforo vermelho e ainda se julga com prioridade. O resultado foi uma morte cedo demais. Não só deixou uma familia enlutada como uma criança de 4 anos sem pai. O pior? o pior é que se estão a tentar safar de toda e qualquer responsabilidade tentando atribuir a culpa ao "louco da moto".Vamos deixar que fiquem impunes...?Peço-vos ajuda, não só como pai mas como motard. Vamos demonstrar que somos unidos e que compadrios e concluios de interesses não nos demoverão.Peço-vos também que passem palavra a todos os que conheçam para que façamos desta marcha uma marcha em prol de todos.Se tiverem fotos de amigos vossos que morreram num acidente de moto, tragam-nas e juntos honraremos todos eles. Não pelas motos mas pelo espirito que nos une a todos e que todos tão bem conhecemos. E se julgas que menos um não vai fazer falta, pensa nisto: Todos fazem falta! E tu és um deles. Esta marcha também é para ti e em prol daqueles que tu conheces e que se deslocam em moto.Após o buzinão, a familia do Rui vai-lhe prestar homenagem pelo seu 23º aniversário passando à porta do cemitério onde está sepultado. Conhecendo o seu amor pelas motos, a familia gostava de dizer que quem quiser é bem vindo a participar nesta homenagem.Desde já o meu obrigado a todos pelo vosso esforço e não podendo agradecer a todos um por um, deixo-vos já o meu eterno agradecimento de pai e de motard pela vossa presença."Atentamente,Manuel Severino.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

INSCRIÇÃO PARA PASSEIO DE MOTORIZADAS "DESCIDA DO DOURO" EM 2 DIAS

Estás á espera de quê????
Inscreve-te já para a descida do douro em 2 dias na tua motorizada.
Prometemos que disfrutarás de paisagens maravilhosas da zona do douro.
Para isso necessitamos do teu espírito de aventura, para percorreres durante estes dois dias, com saída de Miranda do Douro, almoço em Barca d' Alva, descansas o corpo e a motorizada no Pinhão, com um suculento jantar e dormida, para no dia seguinte seguires viagem sempre ao longo do douro até Entre-os-Rios, onde almoçarás. Chegada Foz do Douro onde de certeza te sentirás completo por teres percorrido um dos passeio mais inigmáticos organizados pela RADICAL.


Local de encontro - Entrada da parte antiga de Miranda do Douro junto ás muralhas
Saída 9h00' do dia 15 de Novembro de 2008 (caso queiras pernoitar em Miranda do Douro, contacta Residencial D. João III por telefone/fax - 273431053 ind. 18,00 € e duplo ou triplo 14,00 € por pessoa c/ pequeno almoço)

INSCRIÇÃO - 2 almoços, uma dormida e um jantar com passeio FABULOSO só : 125,00 €
Carrinha com atrelado para apoio durante todo o passeio
Increve-te já pois temos inscrições limitadas.
Fica aqui algumas fotos e um pequeno filme de alguns locais por onde passamos.






video

terça-feira, 4 de novembro de 2008

DESCIDA DO DOURO

Ora vamos lá tratar desta magnífica viagem, depois de decidirmos pôr sem efeito o passeio nocturno por falta de tempo para organizar com qualidade.
A ideia da Descida do Douro, nasceu pela vontade com que ficamos de lá passar, depois do cheirinho que tivemos no Lés a Lés deste ano.
A ideia é sair de Miranda do Douro ás 9h00 do dia 15 de Novembro em direcção a Espanha, e almoçar em Barca de Alva.
Nesse dia, irmos dormir perto de S. João da Pesqueira.
No dia seguinte, novamente ás 9h00, saírmos de S. João da Pesqueira em direcção a Entre-os-Rios, onde almoçaremos.
Final deste passeio será na foz do rio Douro.
Agradecíamos que as inscrições fossem o mais tardar até ao dia 13 de Novembro, para que se consiga marcar a alimentação e o alojamento.